sábado, 11 de fevereiro de 2012

Terra dos fortes




Deveria viver na terra dos fortes, dos fortes o bastante para passar a infância sofrendo rejeição, forte o bastante para passar a adolescência apaixonando por garotos que não te dão à mínima, dos fortes o bastante. Queria viver nessa terra, onde não existem melhores amigos, nem amores correspondidos e onde não cobram de você ser uma pessoa meiga e o tempo todo feliz, justamente por saberem que de tanta força usada na guerra da vida e de tanta dor sofrida, todo mundo usa da força que tem para compreender a força na tristeza das palavras de alguém.