quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Deixo para uma outra vez.


Nada está ao nosso favor
A barra não tem sido fácil.
È meu bem,
O futuro pode ser de dor.

Não se prepare com palavras
Se prepare com a força,
A força de um amor recém criado
Com obstáculos e montanhas.

Não venceremos, talvez.
Mas viva o que sinto,
Deixemos o futuro para uma outra vez.

Um comentário: